FEBEC - Voluntários contra o câncer

INTRODUÇÃO

A FEBEC é uma instituição sem fins lucrativos formada por 54 entidades de combate ao câncer, entre eles grupos de voluntários e hospitais, que trabalham em prol da melhora da qualidade de vida de pessoas que lutam diariamente contra essa doença dando-lhes todo o auxílio necessário para se tratarem: apoio biopsicossocial.

HISTÓRICO

A FEBEC originou-se em 2008. Em 1996 o Hospital Amaral Carvalho (HAC), entidade com referencia nacional em diagnóstico e tratamento oncologico, tomou a iniciativa de formar ligas de combate ao câncer para auxiliarem no tratamento de pacientes carentes com câncer que por falta de estrutura financeira e psicológica acabavam abandonando seu tratamento.

Após dez anos o HAC havia formado mais de cem ligas, e a melhora dos pacientes foi visivelmente significativa. Mas isso não bastou. O HAC solicitou a Universidade Coorporativa, órgão da Fundação Amaral Carvalho (FAC), assim como o HAC, que fizesse um estudo para comprovar essa melhora. O resultado não pôde ser mais positivo: os prognósticos de cura e sobrevida dos pacientes assistidos pelas ligas aumentaram em 12,4%.

Não restaram dúvidas, essas ligas tinham que continuar se formando para dar assistência aos pacientes carentes. E por cumprirem esse trabalho magnífico também precisavam ser apoiadas e o Brasil conhecê-las, pois muita gente podia carecer da ajuda dessas voluntárias (maioria são mulheres). Foi então que surgiu a FEBEC.

OBJETIVO

A Federação tem como objetivo unir e dar todo tipo de suporte às suas entidades associadas. Das cem ligas formadas pelo HAC, a Federação já conseguiu reunir 51 delas além de ter como associados o próprio HAC, o Instituto Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho e o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil de Sorocaba, somando assim 54 associadas.

Mesmo tendo sua história originada no HAC, a FEBEC é uma organização brasileira e tem, de forma autônoma, atuação em todo o País, estabelecendo, diretamente e/ou por meio das entidades, parcerias com entidade e outros hospitais oncológicos.

PERFIL

Reconhecida por sua atuação sustentada em educação, prevenção, acesso ao diagnóstico e tratamento precoces e apoio biopsicossocial, pilares que, comprovadamente, contribuem para ampliar os resultados dos tratamentos, a FEBEC trabalha a partir da metodologia de apoio biopsicossocial, que prevê a ajuda material, social e psicológica, diferenciando-se das demais instituições que trabalham com esse modelo por aplicá-lo antes, durante e após o período de hospitalização. Outro ponto essencial do trabalho desenvolvido pela FEBEC e entidades voluntárias é realizar o acompanhamento social e psicológico dos pacientes e seus familiares, não raro, desestruturados pela doença. A operacionalização conjunta dessas ações impacta, positivamente, os índices de cura e diminuem as taxas de evasão, garantindo, por consequência, uma maior possibilidade de prognóstico de recuperação total e sobrevida.

PILARES DE ATUAÇÃO

Educação como forma de mudar hábitos que possam aumentar a incidência de diferentes tipos de câncer

Prevenção como mecanismo de evitar determinados tipos de câncer, com a realização de exames precoces, como o câncer de boca, de pele, colo de útero, de mama, de próstata etc.

Diagnóstico e tratamento precoces, como forma aumentar as chances de cura.

Acesso ao tratamento, direito fundamental garantido na Constituição Federal, e como forma de valorização da sociedade.

Apoio biopsicossocial, visando a garantir a equidade e reduzir o abandono no tratamento.